Ciclic

Não viaje nos gastos! Curta suas férias com folga no orçamento.

Pronto! Sua viagem já foi comprada e agora é aguardar a tão esperada data de partida.

Planejar e organizar uma viagem é muito empolgante e também desafiador. Afinal, ao meio de tantas opções de roteiros, ficamos meio perdidos em relação ao tempo em que cada opção consumirá de nossas férias e também sobre qual será o custo de cada uma delas.

Porém, alguns minutos de pesquisa e empenho antes de arrumar as malas podem ser uma mão na roda para você.

Separamos aqui algumas dicas bem bacanas. Vale anotar:

1- Para evitar pegar filas gigantescas em cafeterias, sorveterias, museus, teatros, parques e etc, prefira viajar em períodos que não sejam de férias escolares e nem feriados prolongados, tanto no Brasil quanto no país ou cidade que você estará visitando, pois, geralmente tudo fica mais vazio e, consequentemente, mais receptivo. Além disso, os preços, principalmente para passeios locais e hospedagens, costumam estar bem mais baixos quando comparados aos períodos de alta temporada.

2- Outra dica é tentar não abraçar o mundo em poucos dias. Pelo contrário, passe mais tempo em cada lugar, aprecie a cultura local, entenda como a cidade funciona, conheça os pratos típicos, sente em uma praça e simplesmente aprecie o ir e vir das pessoas. Os diversos deslocamentos também costumam onerar muito o custo da sua viagem.

3- Que tal almoçar nas barraquinhas de rua ou food trucks? Podemos não valorizar essa ideia em nosso dia a dia, mas garantimos que essa experiência durante viagens pode ser muito bacana, pois, além de ganhar um tempo enorme, você ainda economiza uma graninha.

4- Sempre que possível opte por hotéis que ofereçam um café da manhã bem reforçado e com variedade de alimentos, com isso, você consegue ter um gás maior para passear um tempão sem bater aquela fome antes do almoço. 

5- Se estiver fazendo uma viagem em turma, que tal substituir um prato individual por uma porção generosa que dê para compartilhar tanto a comida, quanto a conta?

6- Antes de querer levar tudo para casa (principalmente se você for visitar aqueles outlets recheados de ofertas e opções), veja se você realmente precisa daquela roupa ou daquele objeto. Acredite, isso pode fazer uma diferença enorme em seu orçamento!

7- Feche um seguro viagem.

Mas aí vem a pergunta: “não estamos falando em economizar?”, ou “o seguro não seria um custo extra em meu orçamento?”

E a resposta é: “É aí que você se engana!”

Com um seguro viagem, você paga pouco por algo que pode te custar muito. Uma emergência médica, um pequeno acidente, uma queda mais brusca, uma forte dor de dente, uma mala extraviada, um voo que teve que ser adiado. Tudo isso pode acontecer em qualquer viagem e gerar um custo extra enorme, pois muitas vezes surgem de maneira inesperada.

Com o seguro viagem da Ciclic, por exemplo, você recebe todo suporte e atendimento necessário, sem pagar 1 centavo a mais por isso.

Nosso seguro possui mais de 17 mil cidades com assistência 24h, mais de 190 países com atendimento direto, além de 16 idiomas para atender você com toda a tranquilidade.

E pode pesquisar, muitas vezes, um seguro viagem custa menos que uma diária de hotel.

Para fechar, saiba que as dicas acima só irão funcionar se você tiver organização. Portanto, comece agora mesmo a montar o seu planejamento de viagem. Divirta-se!