Ciclic

A Previdência privada vale a pena? Descubra!

Saiba como ela funciona e porque você deveria considerar essa maneira de poupar entre as suas opções de investimento.

Muitas pessoas têm dúvidas sobre a previdência e não associam o fato de investir em um plano como uma alternativa para poupar dinheiro em médio prazo. Isso ocorre porque muitos ainda têm a visão que um plano de previdência privada serve apenas como uma renda complementar para quando chegar a hora de se aposentar.

De fato, esse é o objetivo principal para o qual esse tipo de plano foi criado, mas isso não significa que seja a única opção. Os planos hoje são muito flexíveis e permitem que qualquer pessoa possa investir na previdência.

Como toda forma de investimento, um plano de previdência privada têm as suas vantagens e desvantagens. Mas será que previdência privada vale a pena? Como saber quais as melhores previdências privadas?

Para explicar isso é preciso desmistificar o assunto. O fato é que essa é uma forma de investimento pouco atrativa para a maioria das pessoas, muita gente ainda fica em dúvida entre poupança ou previdência. Porém, a verdade é que a previdência rende mais que poupança.

Poupança ou previdência: O que é previdência privada?

Os planos de previdência privada são uma forma de aposentadoria que não estão ligados ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Dessa forma, eles podem ser considerados complementares à tradicional previdência pública. Por conta da maior liberdade, os diferenciais são muitos.

Na previdência privada é você quem escolhe com qual valor quer contribuir todos os meses além de definir com qual periodicidade serão feitos os depósitos. Você pode, por exemplo, decidir contribuir com R$ 1 mil por ano ou com R$ 300 todos os meses. A sua decisão pode ser aquela que for mais conveniente para o seu bolso.

Por que eu devo investir na previdência privada e como fazer isso?

Em primeiro lugar, investir em previdência privada dá a certeza a você de que as regras do jogo não vão mudar no meio do caminho. Aquilo que você guardou será seu, mesmo que o governo mude as regras de aposentadoria. Você deixa, portanto, de depender do governo e passa a contar apenas com os seus esforços.

A maioria das instituições financeiras oferece opções de planos de previdência privada. Basta acessar o site da Susep (Superintendência de Seguros Privados) para ter acesso a uma lista completa com todas as empresas autorizadas a operar com essa modalidade.

Não há idade mínima para começar, mas a recomendação é iniciar sempre o quanto antes. Quanto mais novo você iniciar os depósitos, mais capital terá quando chegar a hora de fazer o saque ou, quem sabe, você poderá optar por se aposentar mais cedo se assim desejar.

Considere mais a alternativa de investir na previdência

Felizmente, hoje é muito mais fácil investir o seu dinheiro do que já foi no passado. Na maioria das vezes, é possível fazer praticamente tudo pela internet e depois acompanhar o dia a dia da evolução do seu patrimônio por meio de ferramentas online. Na Ciclic, não é diferente.

É justamente pelo fato de existirem tantas possibilidades hoje em dia que você deveria ampliar o seu leque e considerar investir em previdência privada como uma das alternativas. É simples, é rápido, é flexível e os rendimentos são bastante competitivos, especialmente no médio e no longo prazos.

Vale a pena acessar nosso site para saber um pouco mais sobre o assunto e todas as possibilidades que essa modalidade oferece, até porque previdência rende mais que a poupança, invista seu dinheiro da melhor maneira possível.